• Erika Pugliese

Não deixe a timidez te dominar


Na sua opinião, timidez é bom ou ruim para a carreira?

Bem, a timidez tem um lado ruim e um lado bom.


O lado ruim é que o tímido é alguém com medo de quase tudo: de ser criticado em público; de não ser o melhor; de não atingir as expectativas dos outros; de tomar decisões que possam ser mal-interpretadas; ou, simplesmente, de ouvir um "não".

Ou seja, a solução para os males do tímido não está nele, está nos outros.


Assim, a defesa do tímido é se isolar, para evitar o contato e o confronto com outras pessoas.


E, quanto mais isolado o tímido se torna, mais inseguro fica com suas decisões, o que pode levar à perda da autoestima.

Logo, o importante é deixar a timidez de lado? Seria, se fosse fácil.

Porque o tímido não escolheu ser tímido. Ele se tornou tímido.

Se alguém revirar seu passado, vai encontrar algum fato que talvez ajude a explicar essa retração, como a pressão para ser o melhor em tudo.

Agora, a parte boa: timidez é uma característica de personalidade.

Existe muita gente tímida com grande autoestima. Muitas pessoas famosas, inteligentes e corajosas foram, ou são, tímidas.

Essas pessoas, simplesmente, aprenderam a usar a timidez como vantagem competitiva.

Porque qualquer pessoa prefere trabalhar com alguém tímido, mas atencioso e prestativo, a trabalhar com alguém autossuficiente, que tem resposta para tudo e despreza as opiniões alheias.

Pessoas tímidas tendem a ser mais criativas do que a média.

Mas elas têm dentro de si, ao mesmo tempo, o acelerador que lhes permitiria contribuir com grandes sugestões e o freio que as impede de simplesmente levantar a mão em uma reunião para fazer uma pergunta.

Dentro de cada tímido, há um artista esperando a hora de brilhar. E dentro de cada artista, há um tímido que encontrou a válvula de escape.

O único empecilho para o tímido é ele mesmo, quando se propõe a deixar de lado o possível no curto prazo, para tentar fazer planos inatingíveis de longo prazo.

No fundo, os tímidos são os melhores entre nós, mas boa parte de nós ainda não percebeu isso. E boa parte deles, também não.


(Texto de Max Gehringer; escritor, palestrante, apresentador e consultor de carreiras)


Fique de olhos bem abertos pra identificar os tímidos brilhantes em sua equipe. Analise os perfis cuidadosamente e tenha em mente que todas as pessoas têm habilidades que podem ser exploradas.


Uma boa maneira ajudar o seu funcionário tímido a se soltar é gerar pertencimento. Dissemine a cultura do respeito mútuo na sua empresa, incentive que todos se aceitem e respeitem as características uns dos outros, sem julgar se fulano é melhor ou pior do que ciclano. Mostre a seus colaboradores tímidos que todos que fazem parte da organização estão ali para se ajudar a serem melhores a cada dia, e para que isso aconteça, é preciso que eles se permitam e se deixem pertencer ao grupo e às equipes de trabalho.

Mostrar seu apoio também é fundamental para que o colaborador saiba como vencer a timidez e que esta característica seja consideravelmente diminuída. Mostre-lhe que você está disposto a iniciar esta jornada com ele e que fará o que for necessário para que todos possam aprender novas ferramentas para ultrapassar, dia a após dia, este grande obstáculo.

Mas lembre-se de enfatizar, que este desafio somente será vencido se ele se permitir ser ajudado, caso contrário, não há técnica ou apoio que sejam capazes de derrubar este muro que ele levantou em volta de si.

É preciso ter paciência, sabedoria e muita persistência em casos assim, para que, desta forma, todos sejam mutuamente beneficiados. Lembre-se disso e invista no desenvolvimento de seus profissionais sempre!

Como você pode ver, inúmeros assuntos permeiam a gestão de pessoas. É preciso ter conhecimento profundo do comportamento humano para não perder seus melhores talentos e não deixar escapar uma mente brilhante neste turbilhão de tarefas do dia-a-dia. A Relíquia Assessoria Contábil cuida de toda a parte operacional do seu RH para que você e sua equipe possa se dedicar à estratégia e planejamento.


Hoje em dia, a gestão de pessoas é um pilar importantíssimo do planejamento estratégico e sem ela sua empresa poderá sofrer grandes danos ao longo do tempo.


Clique aqui e saiba como podemos cuidar da parte chata pra você!


Imagem: freepik

© 1982 by Relíquia Assessoria Contábil

  • Instagram
  • Facebook ícone social