• Erika Pugliese

Acabe com os problemas de comunicação da sua equipe

Atualizado: 11 de Nov de 2019

A boa notícia é que dá pra resolver com estas dicas que encontramos no site SOAP.



Segundo pesquisa feita pelo Instituto Gallup com mais de 7.000 pessoas, os gestores podem ser grandes responsáveis pela insatisfação profissional de sua equipe. Cerca de 50% dos entrevistados disseram já ter abandonado um emprego para fugir do chefe e ter mais qualidade de vida.


O estudo realizado pela Universidade da Flórida confirma esse raciocínio. Entre os trabalhadores entrevistados, 39% disseram que seus chefes não conseguiam cumprir as promessas, e 23% afirmaram que o supervisor costumava culpar os outros para encobrir os próprios erros.


É comum as pessoas não se sentirem totalmente à vontade para falar com seus chefes, mas é papel do líder construir uma relação de confiança com o time. E a forma mais eficiente de fazer isso é pela comunicação.


Neste blogpost publicado no site SOAP, o autor apresenta algumas dicas de comunicação que vão ajudá-lo a manter seu time motivado a entregar o melhor resultado. Confira:


Transparência é o segredo!

Se você quer um time motivado, que entrega os trabalhos dentro do prazo e da melhor forma possível, seja transparente. Isso significa explicar cada detalhe das atividades que os funcionários terão de executar e qual é exatamente o papel deles naquele trabalho. Mostre a importância de cada um para que as metas da empresa sejam atingidas. É essencial, também, garantir que ninguém sairá da sala de reunião ou encerrará a conversa com dúvidas. Por isso, esclareça tudo o que for possível. Se não houver nenhuma pergunta, estimule as pessoas a falarem. “O que vocês vão fazer a partir de agora?” “Quais os próximos passos?”

Apenas transmitir uma informação não basta. O gestor tem o papel de garantir que todos entendam o recado.


Preste atenção na sua linguagem corporal

Pense na aparência de um chefe agressivo. Provavelmente você vê alguém com sobrancelhas enrugadas, expressão séria e, talvez, gestos agressivos, certo?

A linguagem corporal dos gestores pode facilitar ou dificultar o caminho de trazer a equipe para perto de si. Por isso, em primeiro lugar, busque ter uma expressão facial convidativa, que mostre sua disposição para ouvir os seus funcionários. Olhar nos olhos do colaborador é uma boa maneira de mostrar que você está interessado no que ele diz. Adote também uma postura aberta, com costas eretas e ombros abertos – ficar com as costas curvadas, por exemplo, pode soar como desinteresse. Por último, mas não menos importante: abuse da gesticulação. Os gestos dão dinamismo à fala e enfatizam a mensagem que você quer passar.


Ouça sem julgar

Não adianta pedir para que a equipe se manifeste se na hora que eles abrem a boca para falar, você os interrompe. Por mais que a ideia não pareça grande coisa, escute até o final. Primeiro, porque você pode se surpreender. Segundo, porque é um sinal de respeito e empatia – aspectos essenciais para que a equipe continue se sentindo à vontade para falar.

O conceito de “escuta ativa” pode te ajudar nesse sentido. Quando o líder se posiciona na frente da equipe de forma receptiva, disposto a ouvir sem julgamentos (independentemente de ele concordar ou não com o que está sendo dito e de gostar ou não daquela pessoa), o gelo entre chefe e funcionário vai sendo quebrado aos poucos. A comunicação se torna mais natural e verdadeira – afinal, comunicação é isso: um lado falar, outro escutar, e ambos saírem aprendendo algo novo.


Tome para si a responsabilidade da sua mensagem

Diagnosticar os tipos de comunicadores dentro do seu time é uma ótima forma de conseguir estabelecer um canal de comunicação transparente com cada um deles. Por mais que a mensagem seja a mesma, ela pode ser interpretada e absorvida de maneira diferente dependendo de quem a está escutando. Por exemplo, se você é um líder mais sério e reservado e seu funcionário tem um perfil mais descontraído, busque uma forma mais informal de transmitir a mensagem. Assim, ele tende a se sentir mais próximo de você e entender o recado com mais facilidade.

“Ah, mas eu vou mudar meu jeito de ser só porque o outro é diferente de mim?” Se você quer que algo aconteça, sim. A responsabilidade da comunicação é de quem fala – afinal, essa é a pessoa interessada em fazer com que o ouvinte tome alguma iniciativa.


Mostre que você, como gestor, também é humano

Humanizar-se como gestor é a chave para abrir um canal de comunicação. Com essa imagem de chefe que é quase uma divindade, os funcionários têm medo de se posicionar, serem demitidos ou sofrer algum tipo de perseguição no ambiente de trabalho. Busque deixar claro que todos erram, inclusive você. Marcar eventos fora da empresa, como happy hours ou encontros inspiracionais para discutir o que cada um espera de sua carreira (e mostrar suas fragilidades e dificuldades durante sua jornada profissional para chegar onde está) são boas opções. Assim, a equipe tende a se unir e criar um vínculo maior. Mostre que todos estão ali para um objetivo comum, e só conseguirão isso juntos e em sintonia. Acesse o site www.soap.com.br e veja muitas outras dicas para gestão de pessoas.


Para facilitar a sua vida e otimizar os recursos da sua empresa, marque uma reunião com a Relíquia Assessoria Contábil. Nós cuidamos de toda parte operacional do seu RH e sua equipe fica livre pra cuidar da Gestão.


Clique aqui e venha tomar um café com a gente!

0 visualização

© 1982 by Relíquia Assessoria Contábil

  • Instagram
  • Facebook ícone social